Mais de 20 Palestrantes, Todos Com Um VASTO CURRÍCULO e EXPERIÊNCIA, Se Revezarão Para Contar os Mais Diversos SEGREDOS e DICAS Para VOCÊ Obter SUCESSO Como Clarinetista.

  • Durante 7 DIAS

    De 16 a 22 de Março

  • + de 20 Palestrantes

    Os Melhores do País

  • Inscreva-se

    As vagas são LIMITADAS

Palestrantes Confirmados

  • Johnson Machado - Dicas gerais para estudo do clarinete

    Professor da Escola de Música & Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás/UFG. Realizou o doutorado na The University of Kansas/EUA – 2009, na classe dos professores Dr. Larry Maxey e Dra. Stephanie Zelnick, como bolsista da Capes/Fulbright – Parceria entre os Governos Brasileiro & Americano. Cursou o bacharelado em Clarineta na UnB, na classe do Prof. Luiz Gonzaga Carneiro (Gonzaguinha); Especialização na UFRJ, com o Prof. José Carlos de Castro; Mestrado na The University of Miami/EUA, com a Dra. Margaret Donaghue. Trabalhou com os Maestros Isaac Karabtchevsky, Silvio Barbato, David Machado, Henrique Morelenbaum, dentre outros. Já se apresentou com as Orquestras Sinfônica da UFRJ, Filarmônica do ES, Camerata Capixaba, Sinfônica Jovem de Goiás, Goyazes, Sinfônica de Goiania, Orquestra de Mato Grosso e mais recentemente com as Orquestras SESI em Vitória e Sinfônica de Cuiabá.Foi professor do I Festival Internacional de Campina Grande/PB em 2012.Músico convidado do II Festival Internacional de Clarinetistas do Rio de Janeiro/2014.

    Facebook: www.facebook.com/johnson.machado.3


  • Alexandre Ribeiro - Clarinete brasileiro: linguagem e interpretação.

    Representante do clarinete popular brasileiro, Alexandre Ribeiro em seus mais diversos trabalhos assina uma forma particular e específica de tocar seu instrumento. Seu clarinete e sua musicalidade já dividiu palcos ao lado de Guinga, Antônio Nóbrega, Carlos Malta, Osvaldinho do Acordeom, Dominguinhos, Nelson Ayres, Paulo Moura, Yamandu Costa, Raul de Souza, Andre Mehmari, Toninho Ferragutti, Ken Peplowsky. Cantores como Toquinho, Elton Medeiros, Eduardo Gudin, Tom Zé, Ed Motta, Jair Rodrigues, Jair Oliveira, Luciana Mello, Wilson das Neves, Riachão, Aldir Blanc, Mafalda Minozzi, Jane Duboc, Consuelo de Paula, Teresa Cristina, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Fabiana Cozza e Verônica Ferriani. Ministrou os cursos de “Clarinete Popular”, “Linguagem de Choro para instrumentos de sopro” e “Prática de Conjunto de Choro” na 29ª Oficina de Música de Curitiba (Curitiba/2011 e 2014), California Brazil Camp (California- EUA/2011 e 2012), Festival de Música de Itajaí (Itajaí/2012), Oficina de Choro Casa do Núcleo (São Paulo/2012), Festival Choro e Jazz Jericoacoara/CE (Jericoacoara 2010, 2011, 2013) e Semana do Choro de Barretos (Barretos, 2014). Além do seu trabalho solo é integrante do projeto “Panorama do Choro Paulistano Contemporâneo”, Toninho Ferraguti e grupo, Duo Alexandre Ribeiro e Alessandro Penezzi, Grupo Ó do Borogodó e é artista RICO/D’Addario Woodwinds.

    Facebook: www.facebook.com/alexandreribeiropessoal


  • Daniel Oliveira - Palhetas, como aproveitá-las melhor.

    Daniel Oliveira iniciou seus estudos musicais na Banda Lyra de Moji Mirim – SP. Com os Professores Mario Marques e Benedito de Carvalho. Graduado em Clarineta pela IA-UNE SP em 2007 na classe dos professores: Sergio Burgani e Luis Afonso Montanha. Realizou aulas de aperfeiçoamento com Mauricio Loureiro – UFMG, Joel Barbosa –UFBA e André Ehrlich. Desde 2010 é primeiro clarinetista-solistada Orquestra de Ópera do Theatro São Pedro e atua como convidado em diversos grupos como: OSESP, Bachiana Filarmônica Sesi-SP e Percorso Ensemble. Na música de câmara atua nos grupos 4uarteto, Clownrinetas Duo e Duo Homenagens com o clarinetista Diogo Maia, Duo Sergio Burgani e Daniel Oliveira e Ensemble Música Nova. É professor da Escola de Músicada Hebraica, Escola Superior de Música da Faculdade Cantareira e Professor convidado da Universidade Estadual do Belém do Pará. Trabalha como assessor do Projeto Guri Santa Marcelina onde é responsável pela elaboração do método de clarineta e treinamento dos monitores. Desde 2007 desenvolve e trabalha na melhoria dos clarinetes Devon&Burgani, projeto esse pioneiro por utilizar técnologia 100 % nacional. Recebeu em 2007 o prêmio Novos Talentos da Música Brasileira, prêmio esse concedido pela Casa de Cultura de Israel. Daniel Oliveira também é artista RICO/D’Addario Woodwinds.

    Facebook: www.facebook.com/daniel.oliveira.98892

  • Marcos Cohen

    Iniciou seus estudos de clarineta com Manoel Carvalho de Oliveira, na Escola de Música de Brasília, passando, em seguida, às classes de Jacob Cantão e Jindrich Sidla (República Tcheca), no Conservatório Carlos Gomes, em Belém. Em 2000 concluiu o Bacharelado em Clarineta da Universidade do Estado do Pará na turma de Oleg Andreev (Rússia) e, em 2004, o Mestrado em Clarineta da Universidade do Missouri (EUA), como aluno de Paul Garritson. Orientado por Pedro Robatto, finalizou, em 2011, o Doutorado em Clarineta da Universidade Federal da Bahia. Marcos Cohen integrou a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz e a Amazônia Jazz Band, ambas em Belém, e foi professor do Conservatório Carlos Gomes, da Universidade do Estado do Pará, da Escola de Música da Universidade Federal do Pará e da Escola de Música de Brasília. Desde 2005 é clarinetista da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília.

    Facebook: facebook.com/marcosjacob.cohen.3


  • Herson Amorim - Clarineta, fundamentos para iniciantes.

    Mestre em Artes pela Universidade Federal do Pará e Bacharel em clarineta pela Universidade do Estado do Pará na classe do professor Joel Barbosa, onde também estudou com o professor Oleg Andryeyev, o clarinetista Herson Amorim iniciou seus estudos musicais na Igreja Assembleia de Deus com José Maria Pereira. Ingressou em seguida no Conservatório Carlos Gomes, onde estudou com Marcos Cohen (Solista da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro) e Jacob Cantão (EMUFPA). Participou de diversos festivais de música no Brasil e no exterior tais como: Fortaleza, Brasília, Jaraguá do Sul, Campos do Jordão, Poços de Caldas, Tatuí, Mendoza (Argentina) e Wroclaw (Polônia), onde estudou com alguns dos mais importantes clarinetistas da atualidade. Também tem especialização em Educação Profissional. Recentemente publicou o livro “Bandas de Música: Espaços de Formação profissional”, no qual discorre acerca do processo formativo de jovens instrumentistas de sopro por meio das bandas de música. Atualmente é professor efetivo de clarineta da Escola de Música da Universidade Federal do Pará (EMUFPA) e atua nos grupos “Câmera Brasil” e “Sexteto de 7”.

    Site: www.duoamato.com


  • Thiago Tavares - Clarone e seus aspectos técnicos e interpretativos.

    Natural de Niterói, começou a estudar clarineta em 1994, na Banda do Colégio São Vicente de Paulo. No mesmo ano, iniciou seus estudos com Cristiano Alves, com quem mais tarde concluiu o curso de bacharelado em clarineta pela UFRJ. Com 18 anos, passou em concurso para primeira clarineta da OSB-Jovem, orquestra com a qual se apresentou como solista na Sala Cecília Meireles. Em 2003, passou a integrar o naipe da OSB, tocando clarineta, requinta e clarone. Atuou como primeiro clarinetista da OSB de 2005 a 2007. Obteve os seguintes prêmios: Jovens Solistas Nelson Freire, Jovens Solistas Armando Prazeres, Concurso Furnas Geração Musical, Concurso Jovem Solistas da Orquestra Sinfônica da Bahia, Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e, por duas vezes, Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRJ. Através de cursos no Brasil e no exterior pode se aperfeiçoar com os seguintes músicos: José Botelho, José Carlos de Castro, Charles Neidch, Henri Bok, Edmilson Nery, Alex Klein, entre outros. Integra o Quarteto Experimental, grupo que desenvolve um trabalho de incentivo à música contemporânea para quarteto de clarinetas e seus congêneres, com o qual se destacam as apresentações na Bienal de 2007 e abertura do Panorama da Música Brasileira Atual da UFRJ de 2008. Participou de gravações com Maria Bethânia, Francis e Olívia Hime, Zeca Pagodinho, Roberto Carlos entre outros. Na música de câmara, já se apresentou em locais como Salão Dourado da UFRJ, Conservatório Brasileiro de Música, Espaço cultural do IBAM, IBEU, FINEP, ABL, Justiça Federal, Rádio MEC, Modern Sound, Cine Arte UFF, entre outros. Atualmente cursa mestrado em clarone no Conservatório de Rotterdam sob orientação de Henri Bok.

    Facebook: www.facebook.com/TavaresThiago
    Fanpage: 
    www.facebook.com/ClaroneBr
    Youtube: 
    www.youtube.com/ClaroneBR

  • Pedro Robatto - Técnicas de respiração e relaxamento na clarineta e suas aplicações na prática musical.

    Clarinetista, natural de Salvador-Ba, formou-se com o professor Klaus Haefele na Escola de Música da UFBA, e na mesma instituição, concluiu Mestrado e Doutorado em Execução Musical. Estudou com os professores Earl Thomas e Patricia Kostek na Universidade de Victoria no Canadá, e como aluno convidado na Escola de Música de Karlsruhe na Alemanha, com o professor Wolfgang Meyer. Participou de vários cursos e festivais de música no Brasil, Alemanha, Argentina, Suíça, Itália, EUA e Canadá, estudando com clarinetistas renomados como Walter Boeykens, Francesco Belli, John Laughton e Alain Damiesn. Foi vencedor de concursos de música no Brasil e na Argentina, entre eles o I Concurso Internacional de Buenos Aires – categoria de Música de Câmara, Concurso Nacional de Jovens Cameristas de João Pessoa, Concurso Nacional de Música de Câmara da Faculdade Santa Marcelina – São Paulo, Concurso Jovens Solistas da OSESP e Concurso Jovem Solista da Orquestra Firestone, Londrina – PR . Também foi finalista do VIII Prêmio Eldorado de Música – São Paulo. Desde 1989 é Clarinetista Principal da Orquestra Sinfônica da Bahia e desde 1992 é Professor de Clarinete e Música de Câmara da UFBa no curso de Bacharelado e Pós-graduação. Participou como Professor de clarineta nos seguintes Cursos e Festivais : Curso Internacional de Verão de Brasília; Festival de Inverno de Domingos Martins – ES; Festival Internacional de Música de Campina Grande; Festival de Inverno Unisinos – Rio Grande do Sul; 15º Festival Internacional de Música de Inverno de Campos – RJ, e como Professor Assistente (Teacher Assistent) na Universidade de Victoria – Canadá.

    Facebook: www.facebook.com/pedro.robatto


  • Alexandre Silva

    É Bacharel em Clarinete pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) na classe do professor Maurício Loureiro, Licenciado em Música pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Mestre em Performance Musical con lodepelo Conservatorio della Svizzera Italiana, Suíça, na classe do professor François Benda e doutorando em música pela UFMG sob orientação do doutor Maurício Loureiro. Possui o curso de Regência e curso de Interpretação da Música Vocal e Instrumental dos Séculos XVII e XVIII pela extensão universitária da UFMG. Participou de grupos orquestrais como Orquestra Sinfônica da UFMG, Orquestra Ouro Preto, Orchestra da Camara di Lugano (Suíça), Orchestra del Conservatorio della Svizzera Italiana (Suíça), Orchestra di Fiati della Svizera Italiana e é clarinetista da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Em suas atividades didático-pedagógicas são relevantes os trabalhos realizados como professor da Civica Filarmonica di Valsolda (Italia), como professor substituto da Scuola di Musica del Conservatorio della Svizzera Italiana (seção Mendrisio, Lugano e Bellinzona), professor substituto da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), professor do Projeto Cariúnas e atualmente é professor da Fundação de Educação Artística em Belo Horizonte.

    Facebook: www.facebook.com/profile.php?id=100003773300322
    Oficina Música Viva: www.oficinamusicaviva.com
    Clarinarts: www.clarinartis.com


  • Anderson Alves

    Mestre em Música pela Universidade de Brasília (2013) e graduado pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Atualmente é clarinetista da Orquestra Sinfônica Nacional vinculada à Universidade Federal Fluminense. Foi clarinetista da Orquestra Sinfônica Municipal de Americana-SP (1999-2011), Banda Sinfônica Municipal de Sumaré SP (1999-2011), clarinetista convidado da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (2000-2008) e Orquestra Sinfônica de São Paulo (2003-2004). Bolsista Vitae no ano (2003-2004), estudando clarineta e requinta com o professor Sergio Burgani. Atualmente desenvolve pesquisas sobre: processo de construção da performance musical, expertise do clarinetista brasileiro e expertise do professor de clarineta.

    Facebook: www.facebook.com/anderson.alves.5872

  • Marcus Julius Lander - Articulação e staccato na clarineta

    Clarinetista Principal da Orquestra Filarmônica Minas Gerais, Marcus Julius iniciou seus estudos em 1996 com Edmilson Nery na Escola Municipal de Música de São Paulo. É Bacharel em Clarinete pela Universidade Estadual Paulista, Unesp, na classe do professor Sérgio Burgani. Foi também aluno de Luis Afonso “Montanha” no curso de difusão da Escola de Comunicação e Artes da USP em 2001. O clarinetista atuou como spalla na Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e chefe do naipe de Clarinetes da Orquestra Jovem de Guarulhos, da Orquestra do Instituto Baccarelli e da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Integrou ainda a Orquestra Acadêmica da Cidade de São Paulo e o Quarteto Paulista de Clarinetas. Atuou também como professor do curso superior do Conservatório Dramático e Musical de São Paulo. Obteve bolsa de estudos no Conservatório de Boston, onde cursou parte de seu mestrado na classe do professor Jonathan Cohler. No Brasil, foi vencedor do Prêmio Isolisti na categoria Música Instrumental Erudita. Foi selecionado pela Orquestra Sinfônica de Chicago para concorrer à vaga de chefe de naipe de Clarinete em audição de 2008. O clarinetista foi artista residente no 8º Festival Internacional de Clarinete e Saxofone em 2010, na cidade de Nan Ning, China, II Festival de Verão Maestro Eleazar de Carvalho e Festival Internacional de Clarinetes de Pequim, China, ambos em 2014. Juntou-se à Filarmônica de Minas Gerais em fevereiro de 2009 como Clarinete Assistente, passando a Principal em outubro de 2012. Marcus Julius é artista Gao Royal.

    Myspace: myspace.com/marcusjuliuslander
    Youtube: www.youtube.com/user/84lander
    Facebook: www.facebook.com/marcusjuliuslander


  • Rosa Barros - Aprender improvisando: a improvisação na aprendizagem da clarineta.

    É bacharel em clarineta pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), cursou pós-graduação em Educação Musical e estudou com clarinetistas renomados como Edmilson Nery, Sérgio Burgani e Walter Böeykens (Bélgica). Dedicada à música popular e erudita, foi primeira clarinetista da Banda Sinfônica de São Bernardo por oito anos. Em 2002 foi vencedora do premio de melhor intérprete do 14º Concurso Ritmo e Som da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e em 2005 participou da gravação do CD “Tocando para o interior” de Nailor Proveta. Trabalha com Educação Musical, especialmente na área de Ensino Coletivo de sopros em escolas, empresas e projetos sócio-culturais há 12 anos. Atualmente é integrante do Duo Violeta, do grupo Confraria do Choro e esteve na temporada 2009 da série “O Aprendiz de maestro” atuando também como solista, é professora do Instituto Federal de Goiás e cursa Mestrado em Música na Universidade de Brasília.

    Fanpage: www.facebook.com/pages/Duo-Violeta/240110926040794


  • Diogo Maia - A função do 2º clarinete na orquestra (clarinete e clarone)

    Diogo Maia é músico multinstrumentista, arranjador e compositor brasiliense. Formou-se em 2001 na Escola de Música da cidade – CEP-EMB, e em 2006, bacharelou-se em clarinete na ECA-USP, sob orientação de Luís Afonso Montanha. Atualmente, integra o quinteto de clarinetes Sujeito a Guincho, o grupo instrumental Seis com Casca e o Grupo de Performance Avançada da USP. Desde 2011 é claronista e clarinetista da Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo e atua  como convidado  em diversos grupos, como OSESP,OSUSPOrquestra Jazz SinfônicaCamerata Aberta e Percorso Ensemble – tendo gravado CDs com estes dois últimos. Em 2013 iniciou mestrado em criação musical na ECA-USP, e sob orientação de Gil Jardim desenvolve uma pesquisa sobre Villa-Lobos, reelaboração musical e o limiar erudito/popular. Em 2005, participou do premiado CD Villa-Lobos em Paris, dirigido por Gil Jardim. Com o grupo Seis com Casca, lançou dois CDs, em 2006 e 2012, e em 2014 (com Leila Pinheiro). Ministrou aulas em duas edições do Festival Música nas Montanhas, em Poços de Caldas, e no Festival de Música de Prados; e foi professor de clarinete na Universidade Adventista de São Paulo. Em 2003, Venceu o concurso Jovens Interpretes da Música Brasileira, do Centro Cultural São Paulo; três anos depois, ganhou o 1° Prêmio Estímulo OCAM e foi, por três anos, vencedor do Projeto Nascente da USP, nas categorias Popular e Erudito. Diogo Maia é artistaRICO/D’Addario Woodwinds, e toca com clarinetes Rossi e clarone Selmer.

    Site: www.diogomaiasantos.com.br
    Soundcloud: soundcloud.com/diogomaia-cl

  • Taís Vilar

    Brasiliense, iniciou seus estudos musicais no Centro de Educação Profissional Escola de Música de Brasília, formando-se Técnica em Clarineta em 2003. Em 2005, graduou-se em Música com Habilitação em Clarineta pela Universidade de Brasília, na classe de Ricardo Dourado Freire. No ano seguinte, licenciou-se pelo Programa de Formação de Professores da Universidade Católica de Brasília. Em 2014, concluiu curso de Mestrado em Música (Performance Musical) na Universidade Federal de Goiás, onde estudou sob a orientação do clarinetista Johnson Machado. Como clarinetista, desenvolve trabalho no Takto, grupo de música popular instrumental com o qual gravou os CDs “Tempo” (2009) e “Sinfonia da Alvorada” (2012). Tem também experiência em diferentes formações de música de câmara erudita e como clarinetista convidada em bandas e orquestras sinfônicas. Participou de diversos festivais e cursos de curta duração de música e frequenta assiduamente congressos e encontros de clarinetistas do país. Leciona Clarineta no Centro de Educação Profissional Escola de Música de Brasília desde 2006, onde trabalha com alunos dos cursos de Formação Inicial e Continuada (Básico) e Técnico.

    Blog: taisvilar.blogspot.com
    Facebook: www.facebook.com/taisvilar

  • Nuno Pinto - Interpretação da Música Contemporânea

    Artista das marcas Buffet Crampon e Rico, Nuno Pinto é descrito pela imprensa como um “clarinetista de génio” (Daniel Babiloni), “brilhante” (Nicholas Cox) e “ao nível dos grandes virtuosos internacionais do instrumento” (Bernardo Mariano). Estudou clarinete com Saul Silva, António Saiote, Michel Arrignon e Alain Damiens, em Portugal e França e tem dedicado uma grande parte do seu trabalho à música de câmara e à música contemporânea, sendo membro fundador dos grupos de câmara Camerata Senza Misura, Trivm de Palhetas e Clarinetes Ad Libitum, tendo tocado também com alguns dos melhores músicos da atualidade. É ainda membro da OrchestrUtopica, do Grupo Música Nova e do Sond’Ar-te Electric Ensemble, para além de tocar em duo com a pianista Elsa Silva. Enquanto solista ou integrado em grupos de câmara e ensembles, esteve presente nas estreias de mais de 150 obras de 70 compositores e é dedicatário de várias obras. Foi solista com várias orquestras e tem participado em Festivais Internacionais de Música na Europa, América e Ásia.A sua discografia inclui gravações em áreas tão diversas como a música contemporânea, de câmara, ensemble, world music e jazz. É professor de Clarinete e de Música de Câmara na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, no Porto.

    Facebook: www.facebook.com/nunopintoclarinete
    Site: www.nunopinto.pt


  • Renata Menezes - Aquecimento corporal e alongamento na preparação para o estudo

    Natural de Santos-SP, iniciou seus estudos musicais com seu pai, tendo em seguida ingressado na Escola de Música de Cubatão sob a orientação do maestro Roberto Farias. Foi vencedora dos Concursos para Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (1994) e Orquestra Sinfônica Municipal de Santos (1997) e 1.º lugar no II Concurso Internacional de Música de Câmara de Buenos Aires com o Opus Art Trio (clarineta, trompa e piano) e atuou como convidada do United-Berlin Ensemble für Neve Musik (1996). Em junho de 2001 ganhou uma bolsa da Longy School of Music-Boston para participar do International Clarinet Connection, tendo aulas com os melhores clarinetistas da atualidade. Gravou a Sonata para clarineta e piano do compositor José Guerra Vicente. É bacharel em clarineta pelo Instituto de Artes UNESP-SP tendo aulas de clarineta com Sérgio Burgani e música de câmara com Arcádio Minczuck e Peter Daulsberg. É clarinetista da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro e professora do Projeto Música e Cidadania realizado no Varjão-DF.

    Facebook: www.facebook.com/renata.menezes.752

  • Aynara Silva - O que você precisa saber antes de estudar clarineta fora do Brasil

    Natural de Brasília, iniciou seus estudos musicais em 2002 na Escola de Música da Igreja Evangélica Assembléia de Deus. Integrou a Orquestra Infanto-Juvenil da UFPB, Banda Municipal de João Pessoa, Banda Sinfônica José Siqueira e a Orquestra Sinfônica da Jovem Paraíba. Realizou aulas e Master Classes com diversos professores do Brasil e do mundo. Participou de diversos festivais de música como o CIVEBRA, Femusc, Festival Internacional de Música de Campina Grande, Festival Internacional Sesc de Música, Encontros Brasileiros de Clarinetistas e I Encuentro de Clarinetes de Buenos Aires. Já participou de tournées com grupos de câmara e orquestras pelo Brasil, com destaque para o projeto Música na Estrada em sua edição 2013, no qual participou como clarinetista principal e solista, apresentando-se em Rio Branco (AC), Cruzeiro do Sul (AC), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), Cuiabá (MT) e Palmas (TO). Foi uma das vencedoras do Concurso de Jovens Solistas 2009, promovido pela OSPB. Possui o Bacharelado em Clarinete pela UFPB, sob a orientação do professor Carlos Rieiro. É Mestre em Música pelo PPGM do CCTA da UFPB, sob a orientação do professor Dr. Liduino Pitombeira. Possui o Artist Certificate em performance/clarineta pela Azusa Pacific University. Foi músico-instrutor e solista do naipe de clarinetas da Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa de 2006 a 2013. Em 2011 foi professora substituta de clarinete da Escola de Música da UFRN. Atualmente leciona clarineta e outras disciplinas correlacionadas na Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

    Fanpage: www.facebook.com/pages/Aynara-Silva/1497926417145122


  • Amandy Araújo - Técnicas de Estudo

    Amandy Bandeira é mestre pela Universidade da Carolina do Sul (EUA) sob a orientação do professor Joseph Eller, Bacharel pela UFPB sob a orientação do professor Carlos Rieiro e atualmente cursa doutorado em clarinete na Universidade da Georgia (EUA) com D. Ray McClellan. Participou de diversos master-classes, festivais e encontros de clarinetistas tendo aulas com professores renomados como: Luiz Rossi (CHI), Garrick Zoeter (EUA), Paulo Sérgio Santos, Sérgio Burgani, Luiz Afonso Montanha, Daniel Gilbert, Jean Bruce Ye (EUA), Karel Donal (República Tcheca), Janice Minor (EUA) e Maurita Mued (EUA). Como camerista do Grupo Quarta Dimensão, esteve em junho de 2001 e 2004 na França, no 15º e 18º Festival Internacional de Música Universitária (FIMU) em Belfort, na Fundação Franco-Brasileira em Paris e no auditório do Centro de Linguística Aplicada (CLA) em Besançon; participou, junto com Chia-Lun e Carolyn Hart, da estreia mundial da obra “Songs for Eleanor” (para Soprano, Clarinete e Piano) do compositor John Lane, no Museu da Cidade de Columbia na Carolina do Sul (EUA). Em novembro de 2014 tocou o Quinteto de Brahms no Canadá a convite do Vaughan String Quartet. Foi solista junto a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, Orquestra do Município de João Pessoa, Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte e Orquestra Sinfônica de Sergipe. Recebeu menção honrosa no XVI Concurso Jovens Instrumentistas do Brasil, em Piracicaba-SP. Atuou como primeiro clarinetista nas: Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, Orquestra de Câmara da Cidade de João Pessoa e Orquestra Sinfônica de Sergipe. Foi integrante como claronista, requintista e clarinetista das Bandas Sinfônicas e das Orquestras Sinfônicas das Universidades da Carolina do Sul e da Georgia. Atualmente Amandy é professor dos cursos de graduação, técnico e especialização da UFRN, e onde coordenou o Festival ‘Semana da Música’ de 2010 a 2013 e co-organizou o X Encontro Brasileiros de Clarinetistas.

    Facebook: facebook.com/amandy.bandeiradearaujo


  • Daniel Tamborin - A importância da manutenção periódica para o músico e para o instrumento

    Músico, luthier, ourives, professor, consultor e pesquisador na área de construção de instrumentos musicais de sopros. Oferece consultoria para empresas, escolas públicas e privadas, bandas de música, orquestras, Serviços Sociais, Entidades, Instituições e Fundações tanto na estruturação quanto na montagem de Grupos Musicais e de Atelier de Consertos de Instrumentos Musicais. Oferece capacitação profissional para atuação na área de Consertos de Instrumentos Musicais de Sopros. Tem formação profissional nas principais fábricas de instrumentos musicais da Europa, como; Buffet Crampon, Schereiber, Selmer e Borgani. Foi músico militar integrante Banda Sinfônica da Academia da Força Aérea – AFA. Viaja por todo o Brasil e exterior ministrando: Palestras,Workshops, Master Classes, Treinamentos, Formações e Exposições de instrumentos musicais de Sopro.

    Facebook: facebook.com/daniel.tamborin
    Site: www.danieltamborin.com.br/

Apoio:

daddario_woodwinds_logo-sem-fundo gonzalez javilogo_clarinartisLogotipo-Preto-Mini logo azul 500Devon481299_124591737726793_371982688_n